Truques simples e práticas de fazer um detox organismo

segunda-feira, 05 de dezembro de 2016

Truques fáceis para acabar com as toxinas que prejudicam a saúde.

Woman celebrating in a peaceful setting.

Woman celebrating in a peaceful setting.

A primeira coisa que vem à mente quando se fala em purificar o corpo é a alimentação. Mas você sabia que existem diversas outras formas de desintoxicar o organismo além de colocar em prática pequenas mudanças no cardápio? A seguir, elencamos algumas delas:

1. Exercite-se

A atividade física estimula a circulação sanguínea, o que melhora a digestão e favorece a redução dos níveis de toxinas no corpo. Portanto, comece a mexer esse corpinho já!

2. Aposte na massagem

A drenagem linfática é uma grande aliada do detox. Por focar em regiões mais propensas a acumular toxinas, ela acaba limpando esses estoques de impurezas. Lembre-se de beber muita água depois de cada sessão para facilitar essa eliminação.

3. Abandone o tabagismo

Além da nicotina, o cigarro possui em sua composição mais de 4 mil substâncias químicas tóxicas. Após dar um basta no vício, fique firme, pois depois de dar a última tragada ainda leva um tempo para que o seu corpo elimine toda a sujeira deixada pelo fumo.

4. Limpe a casa com produtos naturais

Os produtos de limpeza industrializados possuem uma série de substâncias nocivas em sua formulação, como cloro e amônia. Para evitar que elas fiquem circulando pelo seu corpo e causem problemas de pele, asma e outras doenças, lance mão de opções alternativas, como o bicarbonato de sódio para remoção de cera, o vinagre branco para tirar manchas de gordura e o óleo vegetal para proteger a madeira.

5. Vá para a sauna

Colocar as substâncias nocivas para fora por meio do suor é uma ótima pedida. É que a transpiração é uma das melhores aliadas na eliminação de toxinas. Então, pegue uma toalha e vá aproveitar esse calor purificador!

6. Faça uma esfoliação

Esfregar a pele com produtos esfoliantes desobstrui os poros, limpa o corpo de impurezas e melhora a circulação – além de deixar aquela sensação revigorante. Delícia!

7. Experimente a acupuntura

Ao serem inseridas em pontos específicos do corpo, as agulhas auxiliam na liberação de toxinas que estavam sendo acumuladas na região. Aí, todo esse lixo vai embora, principalmente pela urina.

8. Evite os poluentes

Tente se afastar da poluição da cidade. Se não der para passar o fim de semana no campo ou na praia, saia para dar uma volta no parque. Respirar ar fresco varre do organismo substâncias tóxicas, renova as energias e previne a intoxicação causada por partículas nocivas que pairam no ar.

 

Fonte: Revista BoaForma



Tags: , ,

Dicas criativas de decoração de pratos para o Natal

segunda-feira, 05 de dezembro de 2016

Na hora de montar a mesa de Natal todo detalhe faz uma enorme diferença. Reunimos algumas dicas para você transformar a sua mesa e fazer um banquete digno da época mais gostosa do ano.

– Árvore de Natal com brócolis e estrela de ovos.

prato-vegetais-natal

– Árvore de Natal de vegetais em 3 dimensões.

decoracao-de-pratos-bandejas-de-alimentos-para-natal-arvore-brocolis-3d

– Mini-árvores com fatias de Queijo

decoracao-de-pratos-bandejas-de-alimentos-para-natal-arvores-3d-queijo

– Boneco de Neve com Vegetais

decoracao-de-pratos-bandejas-de-alimentos-para-natal-salada-frozen

– Árvore de Frios

decoracao-de-pratos-bandejas-de-alimentos-para-natal-arvore-frios

– Árvore de Frutas

decoracao-de-pratos-bandejas-de-alimentos-para-natal-arvore-frutas

 

E por último uma dica para dispor os guardanapos de forma criativa:

decoracao-de-natal-faca-voce-mesmo5_1-23

 

Fonte: Pinterest



Tags: ,

Com quantos meses o bebê pode usar shampoo?

quarta-feira, 09 de novembro de 2016

Teoricamente, todo produto de higiene que é feito para crianças é mais solúvel em água, tem pouca gordura e uma quantidade mínima de conservantes, para não irritar a pele sensível delas.

banho-recem-nascido-1116-1400x800

Porém, além dos conservantes, há uma série de outros ingredientes que podem oferecer riscos para o bebê, como as fragrâncias, corantes e óleos minerais. Por serem destinados a um público mais sensível, os cosméticos infantis, como os shampoos apresentam limites de segurança mais rigorosos em suas fórmulas.

Precisa usar shampoo?
Ainda assim, mesmo com todo rigor e cuidado, o uso do shampoo e condicionador não é recomendado em bebês. O ideal é que estas fórmulas sejam evitadas nos primeiros meses de vida da criança. Todos esses produtos quando são aplicados nas crianças dentro da banheira, como deixam resíduos na água e também na pele do bebê, não são aconselhados. A não ser que você enxágue a pele antes de secar.

bebe-banho-cabelo-molhado-1116-1400x800

De qualquer forma, sempre que você for usar um produto em seu filho, é importante ler atentamente o rótulo para garantir que não hajam substâncias tóxicas ou nocivas à saúde. Até os dois anos de idade, a barreira da pele ainda não está perfeitamente desenvolvida, o que faz com que os bebês absorvam mais os químicos do que deveriam. Fórmulas muito coloridas ou perfumadas, por exemplo, além de serem dispensáveis, têm grandes chances de causar irritação na pele.

Dispense o uso de shampoo, condicionador, talco e lavanda. O banho pode ser realizado apenas com sabonete de pH neutro ou glicerinado. Entre as reações mais comuns aos produtos inadequados estão as irritações em forma de manchas vermelhas, bolhas, descamações, lesões e coceiras. Outro perigo é a absorção sistêmica destes produtos, que pode causar reações alérgicas futuras e permanentes.



Tags: ,

Iniciantes da cozinha: Como posso fazer arroz soltinho?

quarta-feira, 09 de novembro de 2016

Tim-tim por tim-tim para conseguir um básico caprichado!

Para quem domina o fogão, o preparo é trivial. Mas, para quem está começando, não deixar grudar é um grande desafio. Siga o passo a passo para acertar na próxima tentativa:

Pronto em 25 minutos

Rende 4 porções

Você vai precisar de: 2 xícaras e 1/2 de água, 2 dentes de alho picados, 1 colher (chá) de sal, 1/4 de xícara de azeite ou óleo e 1 xícara de qualquer tipo de arroz.

passoapasso_ingredientes

1. Leve uma chaleira ao fogo médio e aqueça a água até levantar fervura. Reserve.

passoapasso_passo1

2. Em uma panela, em fogo médio, refogue o alho no azeite por três minutos ou até dourar ligeiramente.

passoapasso_passo2

3. Junte o arroz e refogue por dois minutos. Quanto mais os grãos forem refogados, mais soltinhos ficarão.

passoapasso_passo3

4. Adicione a água fervente e o sal e misture. Deixe cozinhar com a panela semitampada. Não mexa mais.

passoapasso_passo4

5. Assim que a água começar a secar e atingir o mesmo nível do arroz (em cerca de sete minutos), abaixe ao máximo a chama.

passoapasso_passo5

6. Para saber se a água secou, afaste alguns grãos com um garfo. Se houver água no fundo, deixe cozinhar mais um pouquinho.

passoapasso_passo6

7. Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por cinco minutos para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor.

passoapasso_passo7

8. Solte os grãos com uma colher ou um garfo.

passoapasso_passo8

9. Transfira para uma travessa ou bowl e sirva.

passoapasso_passo9



Jejum pela manhã engorda?

quarta-feira, 09 de novembro de 2016

Pesquisas comprovam a importância da primeira refeição na manutenção de uma vida saudável.

croissants, coffee cup, flower in romantic style

Apesar das frases “Não saia de casa sem comer” ou “Não esqueça o café da manhã” serem mais da sabedoria popular do que científica, já é comprovado que pular a primeira refeição do dia pode trazer prejuízos para a saúde. Os especialistas são unânimes: não comer nada ao acordar faz com que a pessoa exagere nas refeições seguintes, facilitando o ganho de peso. Pesquisa da Universidade de Minnesota (EUA) com 2.200 adolescentes mostrou que o grupo que consumia o café da manhã mantinha uma dieta saudável e era mais ativo fisicamente, em comparação ao que ficou sem a refeição.Outro estudo, publicado no International Journal Of Obesity, traz uma conclusão polêmica: um desjejum com alimentos mais gordurosos pode facilitar a queima de calorias no resto do dia, já que o metabolismo, recebendo esses alimentos, ficaria “programado” para gastar mais gordura. “Um pouco de gordura ajuda a deixar o açúcar mais estável”, diz a chefe do Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Regina Maria Vilela.

Mas o benefício só vale quando não há exageros. A refeição ideal para um café da manhã saudável, segundo a nutricionista, é composto por uma fruta, uma fonte de proteína (como leite, ovo mexido ou bebida de soja), outra de carboidrato integral (pão ou cereais) e um pouco de gordura (como a manteiga no pão, por exemplo).

A regra é seguida à risca pela advogada Renata Bertolini Bra­ga. Há quatro anos, ela modificou os hábitos alimentares e nunca sai de casa sem tomar café da manhã. Quando está muito atrasada, prepara um lanche em casa (geralmente, iogurte com granola e mamão) e leva para o escritório. Ela também faz refeições com menos quantidade de comida e come várias vezes ao dia, para manter o metabolismo acelerado e não ter falta de concentração no trabalho.

Para aprender a se alimentar melhor, Renata consultou nutricionistas e leu muito em revistas especializadas e na internet. “Nunca compro lanche fora de casa e tomo café da manhã na padaria, no máximo, nos fins de semana. O fato de eu já ter morado em uma cidade de praia (Florianópolis, SC), impulsionou os cuidados.”

mesa-de-cafe-da-manha-com-frutas-paes-sucos-bolos-e-iogurt

Comer doces logo pela manhã ou ingerir apenas o café preto em jejum não é indicado. “A absorção do alimento muito doce é rápida e faz sentir fome logo. Só o café estimula a acidez no estômago, que pode causar queimação e dores”, explica a nutricionista da Paraná Clínicas Dagmárcia Tumeo.

Regina Vilela lembra que a falta de energia logo pela manhã afeta o rendimento físico (a pessoa fica com uma sensação de “moleza”) e mental (como o mau humor). “A falta de energia prejudica a atividade cerebral. A pessoa tende a ficar desconcentrada e até com dor de cabeça.” Algumas pessoas podem desenvolver um quadro de hipoglicemia, levando a mal-estar ou desmaio.

A coordenadora da Clínica de Nutrição da PUCPR, Louise Saliba, salienta que pular o café da manhã engorda, por mais que não se tenha consumido calorias naquele período. “Tudo que a pessoa não ingeriu de manhã vai para os outros períodos. Ou seja, ela vai ter uma fome além da esperada e exagerar nas próximas refeições.”

Regina Vilela, da UFPR, explica que, ao acordar, o metabolismo sai do estado de repouso e se altera, pedindo energias para as primeiras atividades rotineiras. “Muita gente acha que, não comendo de manhã, há perda de peso. E isso é uma armadilha. Depois de algumas horas, as reservas de açúcar e energia no sangue caem, e a sensação de fome é muito grande. E aí, a pessoa come a primeira coisa que vê, geralmente nada saudável.”

Jejum

Quem sente enjoo pela manhã e, por isso, deixa de se alimentar, pode estar colaborando para que o sintoma piore. O sintoma é causa, na maioria das vezes, justamente por conta de um longo período sem comer. “Outra hipótese é ter realizado uma refeição pesada muito tarde no dia anterior”, diz Dagmárcia.

Para quem tem preguiça de acordar mais cedo, a nutricionista orienta deixar a mesa arrumada na noite anterior ou comer algo que não precise de preparo, como um copo de leite, iogurte ou uma fruta. “Vai ajudar a não sair sem comer nada. O café da manhã é uma mudança de hábito, e deve ser incorporado ao dia a dia.”

Fonte: Gazeta do Povo




Center Pão I - Av. Mestra Fininha, 1252 - Jd. São Luiz - 3212.2661

Center Pão II - Av. João XXIII,990, Lj 2 - Edgar Pereira - 3223.6990

Center Pão III - Av. José Corrêa Machado, 580 - Todos os Santos - 3216.8987

Center Pão IV - Av. Donato Quintino, 145 - Cidade Nova - 3214.6717

Center Pão V - Av. Cula Mangabeira, 557 - Vila Guilhermina - 3222.6363