Iniciantes da cozinha: Como posso fazer arroz soltinho?

quarta-feira, 09 de novembro de 2016

Tim-tim por tim-tim para conseguir um básico caprichado!

Para quem domina o fogão, o preparo é trivial. Mas, para quem está começando, não deixar grudar é um grande desafio. Siga o passo a passo para acertar na próxima tentativa:

Pronto em 25 minutos

Rende 4 porções

Você vai precisar de: 2 xícaras e 1/2 de água, 2 dentes de alho picados, 1 colher (chá) de sal, 1/4 de xícara de azeite ou óleo e 1 xícara de qualquer tipo de arroz.

passoapasso_ingredientes

1. Leve uma chaleira ao fogo médio e aqueça a água até levantar fervura. Reserve.

passoapasso_passo1

2. Em uma panela, em fogo médio, refogue o alho no azeite por três minutos ou até dourar ligeiramente.

passoapasso_passo2

3. Junte o arroz e refogue por dois minutos. Quanto mais os grãos forem refogados, mais soltinhos ficarão.

passoapasso_passo3

4. Adicione a água fervente e o sal e misture. Deixe cozinhar com a panela semitampada. Não mexa mais.

passoapasso_passo4

5. Assim que a água começar a secar e atingir o mesmo nível do arroz (em cerca de sete minutos), abaixe ao máximo a chama.

passoapasso_passo5

6. Para saber se a água secou, afaste alguns grãos com um garfo. Se houver água no fundo, deixe cozinhar mais um pouquinho.

passoapasso_passo6

7. Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por cinco minutos para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor.

passoapasso_passo7

8. Solte os grãos com uma colher ou um garfo.

passoapasso_passo8

9. Transfira para uma travessa ou bowl e sirva.

passoapasso_passo9



Jejum pela manhã engorda?

quarta-feira, 09 de novembro de 2016

Pesquisas comprovam a importância da primeira refeição na manutenção de uma vida saudável.

croissants, coffee cup, flower in romantic style

Apesar das frases “Não saia de casa sem comer” ou “Não esqueça o café da manhã” serem mais da sabedoria popular do que científica, já é comprovado que pular a primeira refeição do dia pode trazer prejuízos para a saúde. Os especialistas são unânimes: não comer nada ao acordar faz com que a pessoa exagere nas refeições seguintes, facilitando o ganho de peso. Pesquisa da Universidade de Minnesota (EUA) com 2.200 adolescentes mostrou que o grupo que consumia o café da manhã mantinha uma dieta saudável e era mais ativo fisicamente, em comparação ao que ficou sem a refeição.Outro estudo, publicado no International Journal Of Obesity, traz uma conclusão polêmica: um desjejum com alimentos mais gordurosos pode facilitar a queima de calorias no resto do dia, já que o metabolismo, recebendo esses alimentos, ficaria “programado” para gastar mais gordura. “Um pouco de gordura ajuda a deixar o açúcar mais estável”, diz a chefe do Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Regina Maria Vilela.

Mas o benefício só vale quando não há exageros. A refeição ideal para um café da manhã saudável, segundo a nutricionista, é composto por uma fruta, uma fonte de proteína (como leite, ovo mexido ou bebida de soja), outra de carboidrato integral (pão ou cereais) e um pouco de gordura (como a manteiga no pão, por exemplo).

A regra é seguida à risca pela advogada Renata Bertolini Bra­ga. Há quatro anos, ela modificou os hábitos alimentares e nunca sai de casa sem tomar café da manhã. Quando está muito atrasada, prepara um lanche em casa (geralmente, iogurte com granola e mamão) e leva para o escritório. Ela também faz refeições com menos quantidade de comida e come várias vezes ao dia, para manter o metabolismo acelerado e não ter falta de concentração no trabalho.

Para aprender a se alimentar melhor, Renata consultou nutricionistas e leu muito em revistas especializadas e na internet. “Nunca compro lanche fora de casa e tomo café da manhã na padaria, no máximo, nos fins de semana. O fato de eu já ter morado em uma cidade de praia (Florianópolis, SC), impulsionou os cuidados.”

mesa-de-cafe-da-manha-com-frutas-paes-sucos-bolos-e-iogurt

Comer doces logo pela manhã ou ingerir apenas o café preto em jejum não é indicado. “A absorção do alimento muito doce é rápida e faz sentir fome logo. Só o café estimula a acidez no estômago, que pode causar queimação e dores”, explica a nutricionista da Paraná Clínicas Dagmárcia Tumeo.

Regina Vilela lembra que a falta de energia logo pela manhã afeta o rendimento físico (a pessoa fica com uma sensação de “moleza”) e mental (como o mau humor). “A falta de energia prejudica a atividade cerebral. A pessoa tende a ficar desconcentrada e até com dor de cabeça.” Algumas pessoas podem desenvolver um quadro de hipoglicemia, levando a mal-estar ou desmaio.

A coordenadora da Clínica de Nutrição da PUCPR, Louise Saliba, salienta que pular o café da manhã engorda, por mais que não se tenha consumido calorias naquele período. “Tudo que a pessoa não ingeriu de manhã vai para os outros períodos. Ou seja, ela vai ter uma fome além da esperada e exagerar nas próximas refeições.”

Regina Vilela, da UFPR, explica que, ao acordar, o metabolismo sai do estado de repouso e se altera, pedindo energias para as primeiras atividades rotineiras. “Muita gente acha que, não comendo de manhã, há perda de peso. E isso é uma armadilha. Depois de algumas horas, as reservas de açúcar e energia no sangue caem, e a sensação de fome é muito grande. E aí, a pessoa come a primeira coisa que vê, geralmente nada saudável.”

Jejum

Quem sente enjoo pela manhã e, por isso, deixa de se alimentar, pode estar colaborando para que o sintoma piore. O sintoma é causa, na maioria das vezes, justamente por conta de um longo período sem comer. “Outra hipótese é ter realizado uma refeição pesada muito tarde no dia anterior”, diz Dagmárcia.

Para quem tem preguiça de acordar mais cedo, a nutricionista orienta deixar a mesa arrumada na noite anterior ou comer algo que não precise de preparo, como um copo de leite, iogurte ou uma fruta. “Vai ajudar a não sair sem comer nada. O café da manhã é uma mudança de hábito, e deve ser incorporado ao dia a dia.”

Fonte: Gazeta do Povo



Receita: Sorvete de Pipoca

quinta-feira, 03 de novembro de 2016

20161011105857

INGREDIENTES

500 ml de creme de leite fresco
12 xíc de pipoca estourada feita com maestourada feita com manteiga nteiga OBS: Para esta quantidade de pipoca estourada use ½ xícara (chá) de milho de pipoca
2 latas de leite condensado
500 ml de creme de leite fresco batido em ponto de chantilly
PIPOCA CARAMELADA

3 colheres (sopa) de óleo
1⁄2 xíc de milho de pipoca
1 xíc de açúcar

MODO DE PREPARO

Numa panela, coloque o creme de leite fresco e leve ao fogo médio até esquentar (antes de ferver).
Apague o fogo, adicione 12 a pipoca feita com manteiga, misture, tampe a panela e deixe esfriar (+/- 30 minutos).
Passe o creme de leite com pipoca por uma peneira fina apertando bem para ficar somente a casca da pipoca na peneira.
Reserve o creme peneirado numa tigela e descarte o que ficou na peneira.
Num liquidificador, coloque as latas de leite condensado e bata bem por 1 minuto.
Desligue o liquidificador, transfira o leite condensado batido para a tigela com o creme de pipoca e misture.
Adicione 500 ml de creme de leite fresco batido em ponto de chantilly, mexa delicadamente e despeje num pote com tampa
Leve ao freezer para endurecer por +/- 2 horas.
Retire do freezer e sirva em seguida com pipoca caramelada.
PIPOCA CARAMELADA

Coloque uma pipoqueira no fogo alto e deixe esquentar bem.
Esquente bem 3 colheres (sopa) de óleo.
Quando o óleo estiver bem quente, acrescente ½ xícara (chá) de milho de pipoca e misture bem até o milho ficar bem dourado.
Quando der o 1º estouro, junte imediatamente 1 xícara (chá) de açúcar, tampe a panela e continue mexendo até estourar todo o milho.
Abra a panela, transfira a pipoca para uma forma grande, deixe esfriar e decore o sorvete.



Misturinha de sal rosa com pepino para pessoas de pele mista

quinta-feira, 03 de novembro de 2016

pepino-rosto-mascara-0916-1400x800

Se você é daquelas pessoas que sofrem com a pele do rosto em parte ressecada e com zonas mais oleosas, vai adorar essa receitinha caseira fácil e eficiente. Segundo o dermatologista Daniel Dziabas, a mistura do pepino e do sal rosa do Himalaia é indicada para quem tem pele mista ou oleosa porque também ajuda a combater cravos e pequenas imperfeições.

Benefícios dos ingredientes
O pepino tem ação adstringente que controla o excesso de oleosidade da pele. É um alimento rico em água e alguns óleos vegetais que também ajudam na hidratação natural. Além disso, o legume também é composto por vitaminas A, C e E, que têm ação antioxidante que contribuem para o estímulo do colágeno.

Já o sal rosa do Himalaia é um dos sais mais puros e naturais, livre de toxinas e poluentes, rico em mineiras como magnésio, ferro, potássio, cobre e cálcio. Suas microesferas ajudam no processo de esfoliação da pele, removendo as células mortas e estimulando sua renovação. O resultado final é uma pele mais limpa, com brilho e viço.

sal-himalaia-grosso-1016-1696x1131

Como usar?
Coloque uma colher rasa de sobremesa de sal rosa do Himalaia e 10 fatias finas de pepino no liquidificador. Bata tudo. Use a mistura para esfoliar a pele já úmida, com movimentos circulares, apenas evite a área dos olhos. Depois enxágue abundantemente.

“Esse processo deve ser feito uma vez por semana, durante ou após o banho e a pessoa não pode ter qualquer doença de pele: alergias, atopia, psoríase ou irritação”, alerta o especialista. Em casos de acne inflamada o recomendado é consultar o dermatologista antes de fazer qualquer tipo de intervenção na pele.



Tags: , ,

Decoração em casa: cores para afastar o estresse e relaxar!

quinta-feira, 03 de novembro de 2016

Os tons certos são capazes de tranquilizar a mente e acalmar o corpo.

Classical bedroom interior. 3d render.

Classical bedroom interior. 3d render.

O dia de trabalho foi estressante, as horas presa no trânsito deixaram você pra lá de irritada e a lista de coisas para fazer só aumenta… Quem é que não quer (e precisa!) desligar um pouco da correria, não é mesmo? A boa notícia é que relaxar é mais fácil do que parece – dá para mandar o stress para bem longe sem muito esforço. Uma dica é apostar nas cores certas para melhorar o seu humor, ficar mais calma e aproveitar aquele descanso merecido. E não estamos falando dos tons das suas roupas, não! Pintar a sua casa com as cores certas pode fazer do seu lar o lugar mais zen do mundo.

O ideal é colorir as paredes com tons específicos para deixar o ambiente mais agradável, mas se isso parece muito trabalho, saiba que é possível adaptar a técnica. Invista em cortinas, colchas, quadros, móveis e até itens de decoração coloridos. Mas lembre-se: nada de tonalidades fortes. O certo é optar por nuances suaves e neutras. Confira abaixo como cada cor pode ajudá-la a relaxar:

Azul

Tem efeito calmante e ajuda a reduzir a tensão de um dia corrido. É geralmente usada nos quartos, pois induz o sono.

Lavanda

Imagine um campo de lavanda. Pois é… A cor traz uma sensação de equilíbrio e paz para a mente.

Rosa

Apesar de muito utilizado em quartos de criança, o tom certo de rosa pode ser aplicado em qualquer lugar para suavizar a energia do local e deixar o ambiente mais ameno.

Verde

Simboliza a natureza, trazendo frescor para o espaço. O verde remete a parques e carrega com ele um grande potencial de relaxamento.

Cinza

Tem o poder de deixar o ambiente mais calmo e tranquilo. Por ser uma cor neutra, vai bem em qualquer espaço: desde o escritório até a cozinha.




Center Pão I - Av. Mestra Fininha, 1252 - Jd. São Luiz - 3212.2661

Center Pão II - Av. João XXIII,990, Lj 2 - Edgar Pereira - 3223.6990

Center Pão III - Av. José Corrêa Machado, 580 - Todos os Santos - 3216.8987

Center Pão IV - Av. Donato Quintino, 145 - Cidade Nova - 3214.6717

Center Pão V - Av. Cula Mangabeira, 557 - Vila Guilhermina - 3222.6363