Posts com a tag ‘#bacalhau’


Como dessalgar o bacalhau?

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Para não ficar qualquer dúvida na hora de preparar o seu bacalhau, aqui vão algumas dicas para dessalgá-lo!

• DESSALGAR O BACALHAU IMEDIATAMENTE APÓS A COMPRA.
• É MAIS FÁCIL RETIRAR A PELE DO BACALHAU ANTES DE DESSALGAR E HIDRATAR.
• ENQUANTO ESTIVER DESSALGANDO, O BACALHAU DEVE SER COLOCADO DE MOLHO, COM GELO E DENTRO DA GELADEIRA.
• A ÁGUA DEVE SER TROCADA CONFORME TABELA ABAIXO.
• O TEMPO MÉDIO PARA DESSALGUE E A FREQUÊNCIA DA TROCA DA ÁGUA DEPENDEM DA ALTURA DAS POSTAS, SEMPRE NA PROPORÇÃO DE 2/3 DE ÁGUA PARA 1/3 DE BACALHAU.

Como dessalgar bacalhau

 


Bacalhoada Portuguesa à moda Brasileira

sexta-feira, 07 de abril de 2017

A Páscoa chegou e com ela a tradição de fazer uma bacalhoada. Que tal inovar com essa receita à moda brasileira?

Ingredientes

1,200 kg de bacalhau dessalgado, cozido e desfiado em lascas

2 tomates maduros, sem sementes cortados em tiras

1 cebola grande cortada em rodelas

½ pimentão verde cortados tiras

½ pimentão vermelho cortados tiras

½ pimentão amarelo cortados tiras

¼ xícara (chá) de azeitonas verdes sem caroço

2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado

sal a gosto

½ kg de batatas médias sem cascas, cortadas em rodelas grossas e cozidas “al dente”

750 ml de azeite

cheiro-verde picado a gosto

3 ovos cozidos cortado em 4 partes

Modo de Preparo

Numa tigela coloque 1,200 kg de bacalhau dessalgado, cozido e desfiado em lascas, 2 tomates maduros, sem sementes cortados em tiras, 1 cebola grande cortada em rodelas, ½ pimentão verde cortados tiras, ½ pimentão vermelho cortados tiras, ½ pimentão amarelo cortados tiras, ¼ xícara (chá) de azeitonas verdes sem caroço, sal a gosto e misture.
Transfira para um refratário retangular (35 cm X 23 cm) untado com azeite coloque a mistura de bacalhau, alternando com ½ kg de batatas médias sem cascas, cortadas em rodelas grossas e cozidas “al dente” e regue com a750 ml de azeite. Leve para assar em forno médio pré-aquecido a 180°C, coberto com papel alumínio por +/- 40 minutos. Retire o papel alumínio e deixe por mais 10 minutos. Retire do forno, salpique cheiro-verde picado a gosto, distribua 3 ovos cozidos cortado em 4 partes e sirva em seguida com arroz branco.

Fonte: Mais Você / Gshow


Como fazer bolinho de bacalhau

segunda-feira, 21 de março de 2016

O bacalhau é um dos ingredientes mais emblemáticos existentes, possui origem interessante e uma versatilidade única.

bolinho-de-bacalhau

O bolinho é apenas um dos produtos do bacalhau, e esse famoso petisco português ganhou o paladar do Brasileiro. Preparar um bolinho de bacalhau perfeito é simples desde que se siga alguns detalhes importantes, como a qualidade dos ingredientes e a maneira correta de fritar.

Ingredientes

Para 30 bolinhos:

250g de Bacalhau Gadus Morhua

200g de batatas bintg ou roxa

1 cebola (roxa) – 2 dentes de alho

Salsinha a gosto

Noz moscada

2 ovos inteiros

Sal e pimenta do reino

Selecione os melhores ingredientes: não é exagero quando dizem que bons ingredientes são 70% de uma receita. A regra mais importante ao preparar uma comida de qualidade, é escolher produtos de qualidade.

O verdadeiro Bacalhau, que possui a melhor qualidade, é do atlântico da espécie Gadus Morhua. É fundamental entender essa questão do bacalhau e sua origem. O “bacalhau do porto” (nome muito usado aqui no Brasil), na verdade é da Noruega, mas é chamado assim por ser maior em relação aos outros, de alta qualidade e bem mais caro. Ao comprar um bacalhau, é importante certificar-se que o peixe está bem firme e seco, evitando ao máximo partes moles e úmidas.

Especificamente para esse bolinho de bacalhau, nada impede a opção por outra espécie (como o saithe), até mesmo pelo preço que no Brasil é bastante elevado. Mas saiba que a qualidade final não será a mesma.

 

 A Batata:  a escolha da batata correta é também essencial para o sucesso dessa receita. Existem no mercado vários tipos, que diferem por cores, tamanhos, e o mais importante: a quantidade de água em sua composição.

Para o nosso bolinho de bacalhau vamos utilizar uma batata com pouca água, o que tornará mais fácil na hora de dar formato ao mesmo, e não utilizaremos farinha de trigo, opção muito comum em receitas que compromete totalmente o sabor final. Portanto, quanto menos água melhor.

A proporção batata x bacalhau é um relevante detalhe. É muito comum encontrarmos bolinhos com excesso na quantidade de batata. Lembre-se: a proporção de batata nunca pode ser maior que a de bacalhau.

Modo de preparo

– Inicie o preparo dos bolinhos cozinhando as batatas inteiras até que estejam bem macias. Escorra assim que cozidas, retire a casca, e amasse para fazer um purê. Pese, e certifique-se que você possui 400g de batatas amassadas.

– Para o bacalhau, comece retirando a pele e os ossos maiores aparentes. Em uma panela com água fria, afervente-o e assim que já estiver cozido apenas o suficiente, retire e desfie.

– Como dessalgar o Bacalhau: caso você tenha comprado um bacalhau salgado, dessalgar é simples mas leva tempo. Coloque o bacalhau em um recipiente que seja possível cobri-lo com água. Adicione gelo, e deixe 2 dias na geladeira, trocando a água 2 vezes por dia. E não se esqueça, de sempre que trocar a água adicionar mais gelo, para manter o bacalhau sempre em uma agua bem gelada.

– Desfiando o bacalhau: uma técnica muito simples e rápida de desfiar o bacalhau (já cozido), é colocá-lo dentro de um pano limpo, e pressionar contra a superfície. Em poucos segundos o resultado será um bacalhau bem desfiado.

– Em um recipiente coloque as batatas amassadas, o bacalhau desfiado, a cebola e o alho bem picados e a salsinha picada finamente.

Em seguida, tempere com sal se necessário, pimenta do reino, noz moscada e junte os ovos por último. Leve para gelar para facilitar na hora de fazer as quenelles ou bolinhas.

– Fritando os bolinhos: não existe nada mais desagradável do que comer algo mal frito que está com excesso de óleo. Isso ocorre quando se frita a uma temperatura muito baixa, fazendo com que o bolinho fique muito tempo imerso no óleo.

fritando-bolinhos-de-bacalhau

Controle a temperatura do óleo de preferência com um termômetro. Consideramos 160 graus ideal, para que além de esquentar por dentro, fique também um bolinho “sequinho”.  Um óleo muito quente fará com que ele doure rapidamente, e se mantenha frio por dentro.

Lembre-se: não coloque muitos bolinhos para fritar ao mesmo tempo, pois diminuirá a temperatura do óleo.

– Frite com azeite: sim, é perfeitamente possível fritar com azeite, e o resultado é muito mais agradável e perceptível no sabor do que fritar com óleo. Se optar pelo óleo, use um de boa qualidade, como o de canola.

– Escorra os bolinhos em um papel toalha, para que absorva o excesso de óleo. Sirva acompanhado de um bom azeite, limão, ou da maneira que preferir.


Os benefícios do bacalhau para a saúde

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Peixe tradicional da época reduz o colesterol ruim e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer

Bacalhau-com-todos_large

O bacalhau é o prato principal da Páscoa, tão tradicional como a troca de ovos de chocolate. A escolha pelo peixe tem origem católica.

Mesmo para os menos religiosos, no entanto, o bacalhau é presença garantida nessa comemoração. Saboroso, com alto valor nutritivo e de fácil digestão, o peixe também é rico em minerais – como o ferro e fósforo –, vitaminas A, E e D e tem colesterol quase zero.

Além disso, esse alimento contém ômega-3, importante para diminuir o LDL (o colesterol ruim) e triglicerídeos e para aumentar o HDL (o colesterol bom), além de ser importante na prevenção e controle de doenças cardiovasculares, câncer, aterosclerose, hipertensão e desordens inflamatórias e autoimunes. O bacalhau também tem ômega-6, ácido graxo essencial para o sistema imunológico.

A cada 100 g são aproximadamente 350 calorias, 81 gramas de proteína e 50 mg de cálcio (o que, de quebra, ajuda a fortalecer os ossos).

Cuidados

Apesar de todos os benefícios, é importante lembrar que a versão assada é sempre mais saudável do que a frita. E atenção, hipertensos: bacalhau é rico em sódio. A mesma porção de 100 gramas contém 2.087mg de sódio, mais do que as a quantidade máxima indicada para ser consumida em um dia inteiro – 2 mil mg.

“Todo esse excesso pode causar retenção de líquidos”, alerta a nutricionista Bruna Murta, da rede Mundo Verde. Por isso, o peixe é prejudicial também para quem tem insuficiência renal, já que seria necessária a ingestão de mais água para eliminar o sódio em excesso.



Center Pão I - Av. Mestra Fininha, 1252 - Jd. São Luiz - 3212.2661

Center Pão II - Av. João XXIII,990, Lj 2 - Edgar Pereira - 3223.6990

Center Pão III - Av. José Corrêa Machado, 580 - Todos os Santos - 3216.8987

Center Pão IV - Av. Donato Quintino, 145 - Cidade Nova - 3214.6717

Center Pão V - Av. Cula Mangabeira, 557 - Vila Guilhermina - 3222.6363